A Igreja de São Domingos e a Matança dos Judeus de 1503

1 A Igreja de São Domingos é a maior de Lisboa e foi aqui que se fizeram vários casamentos e batizados reais. A Igreja foi fundada em 1242 por Dom Afonso II e totalmente reconstruída no reinado de Dom Manuel I.
2 a partir do século XVI a igreja foi anexada ao convento dominicano e ao tribunal do Santo Ofício tornando-se, para os judeus de Lisboa, um símbolo do terror inquisitorial. Era aqui que a Igreja celebrava os Autos de Fé levando os condenados até às fogueiras no Terreiro do Paço e do Rossio. Em 1755 a Igreja de São Domingos ficou muito danificada pelo sismo mas foi reconstruída. Em 1959 foi quase totalmente destruída por um incêndio mas foi posteriormente novamente reconstruída.
3 A Igreja de São Domingos foi o local onde a 15 de Janeiro de 1503 começou a matança que levou a morte a milhares de judeus e cristãos-novos lisboetas. Durante a celebração da missa um monge viu uma luz sobre o crucifixo e interrompeu a missa com gritos de “Milagre! Milagre!”. Um cristão novo protestou dizendo que se tratava apenas de um reflexo do sol. Os religiosos aqui presentes incitaram o povo contra o cristão novo dando origem à morte de mais de 2 mil pessoas (entre idosos, crianças e mulheres).
4 Fonte principal Lisboa Insólita e Secreta de Vitor Manuel Adrião

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s