A cifra Copiale

Numa carta de 1947 o matemático norte-americano Norbet Weiner escreveu “naturalmente podemos pensar se o problema da tradução pode ser tratado como um problema em criptografia.”
Esta foi a origem de programas de tradução baseados em análises estatísticas.

A partir deste conceito, um grupo de linguistas suecos e norte-americanos usaram um programa de criptografia de análise estatística sobre um dos textos cifrados mais intrigantes do mundo: a cifra Copiale, uma carta com 105 páginas escrita nos finais do século XVIII e que durante décadas desafiou o talento dos melhores criptologistas.
A carta foi descoberta num arquivo na antiga Alemanha de Leste e foi escrita com letras a ouro e com elaborada decoração. No total, soma mais de 75 mil caracteres incluindo letras romanas e símbolos.
A palavra que lhe dá a designação: “Copiale” é uma das duas que em todo o texto não aparece na forma cifrada.
🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s